Não há dúvida de que o Coronavírus impactou todas as áreas de nossas vidas e das comunidades das paróquias. Da noite para o dia, os padres tiveram que descobrir como fazer serviços online e expandir o ministério digitalmente. Em muitas áreas diferentes da sociedade, do varejo à saúde, restaurantes e educação, observamos a aceleração digital acontecer em um ritmo que ninguém poderia ter sonhado A realidade é que a maioria das mudanças vivenciadas se transformarão em legado pós pandemia.

Muitas paróquias romperam a barreira da tecnologia ou recursos certos para transmitir serviços online, mas graças a ferramentas como Youtube, Zoom e Facebook Live, as paróquias aprenderam rapidamente que existem maneiras fáceis e simples de colocar seus conteúdos online e de se conectar com seus paroquianos.

Embora a maioria das paróquias não transmitisse suas missas antes, quase todas as paróquias agora descobriram uma maneira de tornar as experiências de oração, louvor e adoração disponíveis online.

Mas a transmissão das missas responde à totalidade da missão de uma paróquia?

Costumamos dizer aqui que “a necessidade é a mãe da invenção” e uma coisa que a pandemia mostrou a todas as paróquias é que elas têm a capacidade de ser paróquia online. Mesmo quando as missas e celebrações são permitidas de volta, muitas comunidades de fé relatam que ainda continuarão a oferecer experiências online por muitos motivos, seja por preocupação com pessoas idosas ou com sistema imunológico comprometido ou porque viram como é fácil fazer. De qualquer forma, se sua paróquia ficou online durante a pandemia, não deixe que ela fique off-line no futuro quando as coisas voltarem ao “normal”.

Embora muitos padres tenham relatado que suas paróquias ficaram online durante a pandemia, apenas um pouco mais de 50% dos fiéis afirmam que compareceram a uma missa online no mês passado. Existem muitas razões para isso, principalmente porque estamos em uma era de fadiga da tela digital. Tal como o trabalho e a educação, a principal forma através da qual a maioria das pessoas conseguem socializar com os amigos e se manter conectada à família tem sido por meio de telas. Depois de uma semana de frente a elas, muitas pessoas relutam em assistir à Missa Online.

Uma solução que vimos as paróquias tomar para resolver este problema é encurtar o tempo de sua experiência digital. Eles reduziram seu tempo de missas, adoração e serviços de pastorais, em alguns casos, quase pela metade, para tornar uma experiência mais curta, porém mais condensada, focada no essencial. Muitas paróquias descobriram que, quando se trata de igrejas online, menos é definitivamente mais.

Ao pensar em como você pode envolver sua paróquia entre o agora e o quando vocês estiverem juntos novamente (e mesmo depois!) criámos soluções. Lembre-se de que o tempo das pessoas é valioso, portanto destaque qualitativamente o tempo delas no serviço religioso, de forma a que este valore o investimento.

Todos somos culpados de não prestar atenção na hora da missa online, e o mesmo acontece quando assistimos às adorações, reuniões, encontros ou a uma palestra da pastoral. Muitas pessoas admitem navegar na web, jogar games em seus smartphones, resolver quebra-cabeças ou até ler. Quando estão em suas próprias casas, as distrações são abundantes. Uma maneira de manter as pessoas engajadas enquanto assistem ao serviço religioso online é aproveitar coisas como bate-papo ao vivo no Facebook Live ou YouTube.

Convide pessoas para comentar, bater um papo e se envolver. Faça perguntas na mensagem e peça às pessoas que respondam. Algumas paróquias até fizeram desafios de fotos, pedindo aos paroquianos para postar ou compartilhar fotos de suas famílias participando das missas online. Quando se trata de serviços religiosos, sejam eles online ou presenciais, mantenha as pessoas engajadas, pedindo-lhes que participem.

Para onde vamos daqui? Enquanto continuamos a assistir às notícias ora sobre o fechamento, ora sobre a reabertura em todo o país e consideramos quando nossas paróquias podem voltar a ser como eram antes da pandemia, há grandes coisas que aprendemos durante esta temporada que podem nos ajudar enquanto avançamos para o futuro.

Uma âncora que temos é a certeza que Cristo é o mesmo, ontem, hoje e sempre. No futuro Deus está lá e, por isso, não devemos temer, mas si, comprometer com o anúncio de Sua Vontade, seja presencialmente ou digitalmente!

E abaixo, você encontrará o link para conversar com um de nossos especialistas e descubra como continuar evangelizando através de um aplicativo e site paroquial.

Deixe um comentário

0800 292 7000